HOME  |  DESTINO  |  CHINA

SEGURO VIAGEM PARA CHINA

DO QUE VOCÊ PRECISA:
Assistência Médica em caso de Acidente: US$ 10.000 Assistência Médica em caso de Doença: US$ 10.000 Assistência Médica em caso de Pré-existência: US$ 2.000 Seguro de Morte e Invalidez: R$ 40.000 Seguro Extravio de Bagagem: R$ 1.500

PRODUTOS MAIS INDICADOS :: COBERTURA INTERNACIONAIS
Class 3 X R$65, 57 À VISTA R$ 196, 71
Euro 3 X R$150, 00 À VISTA R$ 451, 70
Global 3 X R$99, 23 À VISTA R$ 299, 71

COTAÇÃO


MOTIVO DA VIAGEM
sua viagem incluiu um destino na Europa
QUANTIDADE DE PASSAGEIROS
XX A XX ANOS
XX A XX ANOS
COTAÇÃO DÓLAR R$ X.XX EM 22/05/2015 12:00

CHINA

A nação mais populosa do mundo e a terceira maior em área territorial, reúne em seu cotidiano um misto da cultura ocidental que migrou ao passar dos anos, mas ainda preserva sua cultura oriental milenar, com hábitos e costumes que você não encontra em nenhum outro lugar no mundo.

Está planejando conhecer a Grande Muralha da China? Experimentar petiscos típicos como o escorpião ou o gafanhoto? Ou simplesmente se aproximar da cultura oriental? Lembre-se que com tanta gente na China em uma área tão extensa, imprevistos podem ocorrer e é melhor você estar preparado, certo?

Leve o Premium Assistance com você e não se preocupe em aprender a falar mandarim para escapar de problemas, nós estaremos sempre com você!

Adquira agora seu Premium Assistance Turista Plus a partir de US$ 41,00. Você ainda pode parcelar em até 6X sem juros nos principais cartões de crédito.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Vacinas
Precisar, mesmo, só precisa de uma: a da febre amarela. Alguns países asiáticos costumam exigir o certificado da vacinação de sul-americanos e africanos como requisito para a entrada. Mas nem é porque a febre amarela seja um perigo por lá. É que ela simplesmente não existe, e quem vem de regiões onde ela ainda é comum pode levar a doença.

Mas, na prática, não custa tomar um cuidadozinho a mais. Aliás, uma viagem longa é uma boa hora para colocar as vacinas em dia e fazer um check-up básico. Aqui vai uma lista de vacinas* recomendadas por médicos e especialistas em medicina de viagem para quem vai viajar para a Ásia.

Febre Amarela
Como é: uma única dose de injeção, que garante imunidade por 10 anos. Antecedência mínima: 10 dias antes da partida.

Encefalite Japonesa
Como é: Há dois tipos de vacina. A chamada IMB pode ser ministrada em três doses (em intervalos de 7 e 28 dias) ou em duas doses com um intervalo de 4 semanas. Após um ano – e depois a cada três anos – uma dose extra é recomendável. O outro tipo de vacina, derivada do cultivo de células vivas, exige duas doses, com um intervalo de 1 ano entre elas, e não exige dose extra no futuro. Antecedência mínima: um mês.

Hepatite A
Como é: duas doses de vacina, sendo a segunda entre 6 meses e dois anos após a primeira. A proteção vale por, no mínimo, 25 anos. Antecedência mínima: não existe.

Raiva
Como é: três doses, sendo a segunda uma semana após a primeira e a terceira, duas ou três semanas após a segunda. Antecedência mínima: um mês.

Febre Tifóide
Como é: dose única de injeção ou 3 ou 4 doses via oral, com intervalo de dois dias entre elas. Antecedência mínima: uma semana após a última dose.

Procure sempre orientação médica com antecedência. Nem sempre as vacinas estão disponíveis nos postos de saúde ou clínicas particulares.

Passaporte e Visto
De acordo com a lei da República Popular da China sobre a Administração de Entrada e Saída de Estrangeiros, a solicitação de visto deverá seguir os seguintes procedimentos.

Visto de Turismo
1- Passaporte com validade mínima de 6 meses, e uma página de visto em branco;
2- Formulário de pedido de visto preenchido completamente e assinado;
3- 1 foto colorida atualizada ( 3×4 );

Visto de Negócio
1- Passaporte com validade mínima de 6 meses, e uma página de visto em branco;
2- Aviso de Visto das Entidades Autorizadas da China ou Carta de Convite da parte da China;
3- Formulário de pedido de visto preenchido completamente e assinado;
4- 1 foto colorida atualizada ( 3×4 );

Visto de Trabalho
1- Passaporte com validade mínima de 6 meses, e uma página de visto em branco;
2- Aviso de Visto das Entidades Autorizadas da China;
3- "Permissão de trabalho para os Estrangeiros" emitida pelo Ministério de Trabalho da China original e cópia;
4- "Registro de Exame Físico para os Estrangeiros". O formulário poderá ser retirado no site http://www.travelchinaguide.com/embassy/pdf/physical.pdf
5- Formulário preenchido completamente e assinado;
6- 1 foto colorida atualizada ( 3×4 );

Visto de Estudo
1- Passaporte com validade mínima de 6 meses, e uma página de visto em branco;
2- Formulário JW202 carimbado pelas Entidades Autorizadas da China;
3- Aviso de Admissão da escola original e cópia;
4- "Registro de Exame Físico para os Estrangeiros" e as sua cópias. O formulário poderá ser retirado no site http://www.travelchinaguide.com/embassy/pdf/physical.pdf
5- Formulário preenchido completamente e assinado;
6- 1 foto colorida atualizada ( 3×4 );

Visto de Jornalista

I. Repórteres e pessoas concernentes para a China durante curto prazo
1- Caso os órgãos de imprensa pretendam enviar jornalistas permanentes para a China, devem estabelecer antes uma sede permanente na China. E devem solicitar por escrito, ao Departamento de Imprensa do Ministério das Relações Exteriores, diretamente ou através de Embaixada ou Consulado Geral da China acreditados no Brasil. A carta de solicitação precisa da assinatura do representante legal de tal órgão, e inclui seguintes conteúdos e documentos:
2- Carta de convite enviada pelo receptor de reportagem e sua entidade;
3- Cópias de passaporte e documentos da profissão jornalística do solicitante, assim como formas de contato;
4- Formulário de solicitação de visto;
5- Formulário de solicitação de equipamentos levados pelo próprio repórter.
II.Jornalistas permanentes e pessoas concernentes para a China
1- Carta de solicitação sobre a reportagem na China, assinada pelo responsável do órgão, e programação detalhada na China, incluindo lista de nomes, datas de chegada e saída, locais a onde fizer reportagem, temas de reportagem;
a- Informação básica do órgão;
b- Nome do órgão a ser estabelecido no território chinês, localidade de permanência, áreas de profissão, número do pessoal, e nomes, sexo, idade, nacionalidade, função e curriculum-vitae de responsável e outros;
c- Cópia do certificado de registro do órgão.
2- Órgãos de imprensa com filial na China, caso prete ndam enviar jornalistas permanentes, devem solicitar por escrito, ao Departamento de Imprensa do Ministério das Relações Exteriores, diretamente ou através de Embaixada ou Consulado Geral da China acreditados no Brasil. A carta de solicitação precisa da assinatura de responsaveis (presidente do conselho de administração, presidente e vice-presidente da empresa, ou diretor e sub-diretor da redação) do órgão, e inclui seguintes conteúdo e documentos:
a- Informação básica do órgão;
b- Nome, sexo, idade, nacionalidade, função, curriculum-vitae e cidade de permanência de jornalista a ser enviado;
c- Documentos de certificação do jornalista.
3- Dois ou mais órgãos de imprensa, a enviarem um único jornalista permanente deles, devem cumprir respetivamente os trâmites de solicitação e notar na carta de solicitação a função que vai acumular.
4- Depois de conseguir a autorização, o jornalista e seus familiares podem solicitar vistos J-1. Os empregados estrangeiros de identidade não jornalística e seus familiares solicitam vistos Z. Os familiares precisam fornecer documentos de certificação parentesca.

OBSERVAÇÕES
1- Os estrangeiros devem apresentar cópia de RNE (Registro Nacional de Estrangeiro).
2- O pedido de visto poderá ser negado, caso as informações contidas no formulário sejam falsas e incompletas. O solicitante assumirá todas as conseqüências originadas pelas informações.
3- . Os titulares de vistos tipo X, Z, D ou J-1 devem tratar de formalidades de residência em departamento local de segurança pública dentro de 30 (trinta dias) a partir da de entrada. É proibido trabalhar no território chinês sem autorização.

DICAS DE VIAGEM Moeda

Moeda Oficial: Yuan

Conversor de Moeda on-line: http://www.xe.com/

Idioma

O idioma oficial da China é o Mandarim, e como o país é o mais populoso do mundo, o idioma também é o mais falado.

Você não precisa tentar falar o idioma nativo da China, até porque devido aos contatos comerciais e culturais existem muitos chineses que falam inglês. De qualquer forma, se quiser saber como se fala alguma expressão ou alguma frase em especial você pode utilizar o tradutor: http://translate.google.com.br/

Companhias aéreas

Air China
Tel: 1-800-882-8122
br.fly-airchina.com

American Airlines
Tel: (11) 4502-4000/ 0300-789-7778
www.aa.com

KLM
Tel: (11) 4003 1888
www.klm.com

Continental Airlines
Tel: (11) 2122-7500
www.continental.com

Lufthansa
Tel: (11) 3048-5800
www.lufthansa.com

Emirates
Tel: (11) 5503-5000
www.emirates.com/br

South African Airways
Tel: (11) 3062-1377
www.flysaa.com

Mapas do Metrô
Clique no link para abrir o mapa do metrô de capa estado:
Bangkok
Beijing
Hong-Kong
Guangzhou
Shanghai
Tiajin


Encontre um Endereço: http://maps.google.com.br/
O que é o Premium Assistance?
O Premium Assistance é um conjunto de serviços de assistência e seguros para tornar sua viagem mais tranquila, disponíveis 24 horas por dia e que você pode acionar em um caso de emergência com um simples telefonema. Você será atendido em português e a solução para seu problema - dos mais simples como uma simples indisposição até eventos mais graves - será dada rapidamente e acompanhada até o final.
Por que contratar o Premium Assistance?
Imprevistos acontecem a todo momento e é difícil estar preparado e lidar com emergências quando você está fora de seu domicilio ou em outro país com hábitos e idiomas que você desconhece. Por isso a Premium Assistance está com você, garantindo sua tranquilidade mesmo em situações de incidentes em qualquer lugar do mundo, 24h por dia, 7 dias na semana.

CONTATOS ÚTEIS

Tanto os voos internacionais quanto os domésticos chegam pelo Beijing Capital International Airport (Aeroporto Internacional de Pequim) localizado a 27 quilômetros do centro da cidade. De lá, a boa é pegar um táxi, que é rápido - calcule de 30 a 40 minutos - e barato. Não pague mais do que 100 Yuan, com o tíquete do pedágio já incluído. Mas fique esperto para não ser enrolado. Alguns taxistas mal-intencionados simplesmente param no meio do caminho e dizem que você já chegou a seu destino, mesmo estando ainda nos arredores do aeroporto. Para evitar tais situações, ignore todos que lhe vierem oferecer um táxi e dirija-se a uma das duas filas de táxi que ficam do lado de fora do aeroporto, bem na frente do setor de desembarque.

Aeroporto de Hong Kong (Hong Kong International Airport)
Hong Kong, Chep Lap Kok Island
Tel: 852 (2181) 8888
www.hongkongairport.com/eng/

Aeroporto de Guilin (Liang Jiang)
Guangxi, Guilin, Liang Jiang International Airport, 541106
Tel: (0773) 2845114
www.airport-gl.com.cn

Aeroporto de Kunming (Wujiaba)
Yunnan, Kunming, Wujiaba International Airport, 650200
Tel: (0871) 7114906
www.ynairport.com

ATENDIMENTO EMERGÊNCIAS
+55 11 2132-4940
+55 11 2132-4944

Atendimento 24 horas

CANCELAMENTO / EXTENSÃO / SAC
0800 727 3001

Atendimento 24 horas

OUVIDORIA
0800 726 4116